[RESENHA] Darth Bane – Caminho de Destruição

O livro foi escrito por Drew Karpyshyn e lançado na gringa no segundo semestre de 2006. Chegou ao Brasil este ano pela Editora Universo Geek com o selo Legends, sendo o primeiro da Trilogia Bane. Os eventos da história se passam entre 1026 à 1000 aBY.

A história é introdutória, sem muitos detalhes, e apresenta de forma bem satisfatória o personagem que futuramente se tornará um dos Sith mais amados pelo fandom de Star Wars.

Um detalhe que eu acho interessante ressaltar sobre o livro é o seguinte: por ele fazer parte do selo Legends, sua história também pode integrar o cânone sem estragar tudo que tá rolando nessa “nova linha do tempo” da Saga. É um paradoxo meio estranho, mas eu vou explicar…

Esse livro em particular conta a história de origem de um personagem canônico (ele aparece no último ep de Clone Wars), extremante importante e que foi o criador Regras de Dois. Sendo assim, faz muito sentido que sua origem não seja de conhecimento de todos, pois ele viveu nas sombras a maior parte do tempo.

Darth Sidious (Palpatine) é um exemplo do que os Sith são capazes de fazer se mantendo nas sombras, até que possam finalmente atacar. O selo Legends é modo perfeito de mostrar as origens desses personagens sem estragar, nem atrapalhar, o andamento do cânone atual. Essas histórias devem ser tratadas como LENDAS, nada mais.  Mas se você quiser, pode linkar algumas coisinhas entre o cânone e Legends sem problema nenhum.

Dito isto, acho que posso falar um pouco sobre o livro… rs

“Nos últimos dias da Velha República, os Sith – seguidores do lado sombrio da Força e inimigos da Ordem Jedi – eram apenas dois: um mestre e um aprendiz. Entretanto, não foi sempre assim. Mil anos antes do colapso da República e da ascensão do imperador Palpatine ao poder, os Sith constituíam uma legião…”

A trama se passa numa época onde você poderia trombar um Sith praticamente em qualquer esquina. Eles possuíam exércitos de milhares de homens e lutavam contra a República e Ordem Jedi pelo controle d’A Galáxia.

Nascido e criado em Apatros, Dessel teve uma infância muito complicada. Sofria abuso do pai e trabalhava praticamento como escravo nas minas de Cortosis do planeta apenas para conseguir se manter. Desde pequeno aprendeu a se virar sozinho e, graças ao trabalho pesado nas minas, virou uma montanha de músculos.

Além do mais, sua conexão com a Força, mais exatamente com o Lado Sombrio, era poderosíssima…

Foi mais do que só as cartas, Des – falou Groshik, baixando tanto a sua voz que Des precisou se debruçar para ouvir.  – Você estava bravo, Des. Mais bravo do que já vi. Pude sentir daqui de longe, como algo no ar. Todo mundo sentiu. O pessoal ficou enfurecido do nada, Des. Parecia que bebiam da sua raiva do seu ódio. Você emanava ondas de emoção, uma tempestade de ira e fúria. Todo mundo acabou sendo meio que varrido por ela: os clientes, aquele soldado… todo mundo. Até eu. O máximo que pude fazer foi mirar aquele primeiro tiro da minha arma pro teto. Todo instinto do meu corpo me mandava atirar nas pessoas. Tive vontade de derrubar todos e faze-los se remoerem de dor.

Com todo esse poder nato, não demora muito para que a Irmandade da Escuridão perceba seu verdadeiro potencial e acabam mandando Des para a Academia da Irmandade em Korriban, aonde vai aprender os caminhos do lado sombrio e se tornar um dos muitos Lordes Sombrios dos Sith.

É na acadêmia que Bane conhece a verdadeira natureza do lado sombrio e começa a sua cruzada por mais poder e conhecimento. A partir daqui as coisas começam a ficar interessantes… Muitas questões bacanas são levantadas e vários personagens e histórias do antigo UE são citados.

Super recomendo a leitura deste livro e vale lembrar que é o primeiro da trilogia. Então muito mais coisa bacana sobre essa época do antigo UE da Saga vai se revelar com os próximos livros. E o que não falta na interewbs é material do Bane: fan films, wiki, HQ… basta procurar que você encontra bastante informação sobre ele. Eu preferi segurar a onda e esperar sair os livros, mas vai de cada um. Se sua curiosidade for muito grande, é só dar uma pesquisada básica.

Estou ansioso para chegada do próximo! <3

 

Davi Simon

31 aninhos, amante incondicional de Star Wars, jogos e atualmente upando as skills de pai